“Vigiai em Oração”

Vigiai e Orai“E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sedes sóbrios e vigiai em oração”(1 Pedro 4.7).

A internet é uma fábrica de boatarias e mentiras. Não devemos simplesmente ler uma notícia e tomá-la imediatamente como verdade, mas infelizmente é o que mais tem acontecido nestes dias.

A internet já matou pessoas que não morreram, já condenaram inocentes, já casou quem nem sequer se conhecia. É sabido que existem pessoas que lucram, e muito, com essas boatarias e mentiras. Existe uma indústria do sensacionalismo que invade as redes sociais, sites e blogs com o propósito de se enriquecer a custa da manipulação da verdade.

A pessoa que lê qualquer informação sem critério e atenção é presa fácil do engano promovido nessas situações. Agir assim é agir sem vigilância e deixar o mundo contaminar, e conformar a sua mente de acordo com interesses escusos. Sabe-se que a manipulação é a arma dos principados e potestades para estabelecerem os seus reinos, e a net é um campo de ação que eles manejam com destreza desde os primórdios.

Como se proteger destas situações? Sempre que você for invadido por uma destas informações procure saber a fonte, os critérios para se obter a notícia e a pessoa por trás daquele fato, vale observar também a forma como esta expressa a informação (seguramente não é difícil identificar a base e o principio na qual a noticia foi elaborada; sempre haverá um proposito, fique atento(a) e verifique se o objetivo da informação é do BEM!).  

Certamente nesse caminho você encontrará o respeito ao leitor ou o engano dos aproveitadores. Se for um engano você deve então descartar esse blog, site ou fonte como digna de sua atenção ou de respeito. Desta forma você se torna mais criterioso e seleciona os lugares nos quais buscará notícia, evitando cair em ciladas ou ter sua mente distorcida. Como Pedro fala no texto de abertura deste capítulo, Jesus está voltando, mas quanto mais se aproxima este dia mais vigilantes temos que estar, para não sermos corrompidos por falsas doutrinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.