O Tempo de Deus

download Na sua juventude, José do Egito era um jovem cheio de vida, mas enfrentou lutas e tribulações que o atingiram por todos os lados, parecia até mesmo que o diabo estava no controle, tudo parecia conspirar

contra ele. Porém, José amava o Senhor e Deus era com ele. José conhecia o caráter de Deus e por isso, mesmo diante das circunstâncias, ele não deixou de amar a Deus. Ele foi vendido pelos próprios irmãos a mercadores de escravos do Egito.

Quando José chegou ao Egito, foi novamente vendido como escravo a Potifar, oficial de Faraó; e na casa desse homem não se dobrou diante da lascívia que a mulher de Potifar o propunha. Em razão disso, foi levado para o fundo de um cárcere. No entanto, não deixou de amar e professar sua fé no Deus de Abraão, Isaque e Jacó. O cárcere naquela época não era como nos nossos dias, as condições eram terríveis. José desceu ao nível mais vil, mas ele sabia que Deus estava no controle.

Às vezes diante de situações tão difíceis, não sabemos esperar o tempo de Deus. Somente Ele sabe o tempo e a hora determinados. Ele não se atrasa e jamais erra o dia e a hora de cumprir cada promessa na nossa vida. O Senhor dos senhores tem um propósito em tudo.

A vontade de Deus não era que José apenas resolvesse um pequeno problema, mas que fosse usado para que as pessoas daquela época fossem salvas. José era fiel a Deus, em todo tempo o seu coração aguardava o cumprimento do propósito de Deus. Não sei se você conhece a história de José, que chegou a ser o governador de toda a terra do Egito, a maior potência da época (leia os capítulos 37 a 47 de Gênesis).

Conheço um moço muito querido, baterista e pai de três crianças.  Certo dia, recebi  um abraço do filho menor, que chamou a atenção por estar com o rosto todo cortado, manchado de mercúrio cromo. Perguntei o que tinha acontecido e imediatamente a irmã dele disse: “Ah, pastor, ele fez a barba.” O menino pegou o barbeador do pai e se cortou todo, porque não era o tempo de isso ser feito. Ele tinha aproximadamente quatro ou cinco. Não era o tempo de Deus, não tinha pêlo no rosto para ser retirado, logo, cortou a pele. Temos que aprender, desde cedo que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu”, registra Eclesiastes 3.1.

Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, quando dizemos: “Senhor, quero a tua vontade.” Quando realmente nos rendemos ao Senhor, Ele começa a agir. Para tudo há um propósito do Senhor, até mesmo quando ficamos presos no estacionamento, porque alguém o “fechou”. Em vez de ficar murmurando, esbravejando, pergunte o que o Senhor quer ensinar com isso. Quem sabe você precisa praticar mais a paciência ou interceder por alguma necessidade específica?

Quando a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o nosso bem, não é apenas para os sonhos grandes, mas também nas pequenas coisas. Se você chega ao seu emprego e o chefe lhe diz que vai aumentar seu salário dez vezes mais, você diz glória a Deus, aleluia! Mas se for demitido, qual será sua atitude? Deus continua sendo o mesmo Deus. Precisamos enxergar com os olhos do Senhor e saber realmente descansar nele e crer na Palavra. Deus está torcendo por você. Em Romanos, capítulo 8, verso 31, está escrito: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Assim como Ele foi com José, Ele é com você. Nós precisamos não apenas ouvir, ler a Palavra, mas vivê-la, pois ela é viva. Quando negligenciamos os ensinamentos de Deus, tudo o que vemos é um túnel sem saída, mas a verdade de Deus liberta, abre portas que ninguém pode fechar e fecha portas que ninguém pode abrir. No momento em que assumimos a verdade da Palavra de Deus na nossa vida, nada, nenhuma circunstância pode ofuscar aquilo que temos com o Senhor. E acima de toda e qualquer situação continuamos em fé afirmando, assim como Jó: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre terra […] Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” (Jó 19.25; 42.2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.